Feedback e 1on1

1on1s semanal

  • Marque dia/hora recorrente em ambas as agendas
  • Esteja com seu time no mínimo 1x semana e de feedback
  • Tópicos (Um note compartilhado)
    • Principais entregas  (performance desta e da próxima, check priorização)
    • Impedimentos (como posso te ajudar)
    • Aprendizados (erros, falhas, evolução)
    • Como está o time? (foco nas pessoas)
    • Quão feliz vc está? (preocupação genuína)
    • Quais nossos próximos passos?
  • Separe uma hora por “direct report” (dura em média de 30m a 1hr)
  • http://firstround.com/review/track-and-facilitate-your-engineers-flow-states-in-this-simple-way/

1on1 mensal

  • Fale com as pessoas embaixo dos seus reports direto! Fure a bolha! Não é para ter problema… se teu report está fazendo um bom trabalho, não terá problema com o fato de vc falar com o time dele. Ele não deve ter nada a esconder.

Periodicidade do feedback

  • Feedback comportamental se dá no máximo no dia seguinte do ocorrido.
  • Semanalmente se faz com o 1on1
  • Gosto de dar/receber feeedback completo trimestralmente, no máximo semestralmente. Neste tento avaliar a causa-raiz do comportamento e dar um feedback mais sólido, bem estruturado.

O Feedback

  • Feedback não é para deixar a pessoa feliz. É para levar a informação certa para o lugar certo.
  • Feedback é em cima de comportamento, portanto devem estar linkado aos valores da empresa.
  • Feedback em si:
    • Ouvir auto-avaliação: momento de vida, o que mandou bem, o que pode melhorar na empresa.
    • Falar: três a cingo pontos positivos e três pontos a melhorar. (Tente linkar os fatos com o que a pessoa falou antes, ajuda na explicação do feedback. Tente também achar a causa raiz do ponto a melhorar. Seu objetivo não é bater na pessoa e sim ajuda-la no crescimento)
  • Dicas
    • Elogie em público e corrija em particular. Um líder corrige sem ofender e orienta sem humilhar.
    • Não se fala o que as pessoas falam, só o que realmente achamos, de preferência com fatos.
    • Não evite conversas difíceis. Confronte-as.

Estruturando Feedback

  • Contexto, Comportamento e Consequências
    • CONTEXTO: A situação em que o comportamento se mostrou. É importante ser específico na situação em que o comportamento ocorreu. Não limitar seu feedback a uma situação em que o comportamento foi observado pode deixar uma sensação no receptor de que ela está recebendo um “ataque” pessoal. Delimitar o comportamento a uma situação específica ajuda a focalizar a conversa nas ações;
    • COMPORTAMENTO: O curso de ação escolhido pela pessoa. Muitas vezes, a pessoa pode não ter nem a consciência de que tinha escolha entre possíveis planos de ação;
    • CONSEQUÊNCIA: O impacto que o curso de ação tem na performance do colega, do time e da empresa. Isso é fundamental, pois deixa claro que o feedback não é um capricho de quem o dá, e sim uma melhoria prática com impacto prático em performance.

Onde geralmente tento ajudar…

  • Não acredito em plano de carreira montado pela “empresa”, cada um monta o seu.
  • Aprendizado
    • Leia todo dia (livro, blogs, blinkist…)
    • Aprenda com pessoas que te inspiram, mentores, coach
    • Aprenda com a experiência dos outros
    • Busque conhecimento, não espere alguém pedir pra vc aprender algo
    • Faça cursos
  • Atitude
    • Acorde cedo e faça exercícios, descanse e cuide da sua saúde.
    • Tenha um hobby que te faça recarregar as baterias
    • Saia da zona de conforto, se desafie
    • Identifique seus pontos fracos, aceite e aprenda com seus erros, largue maus habitos
    • Evite pessoas negativas, se envolva com pessoas q te inspiram
    • Ande com pessoas mais inteligentes que vc
  • Ação
    • Defina o que tem que ser feito e não deixe distrações tirarem seu foco. Faça o que tem que ser feito.
    • Tenha lista de “eu fiz”, pra comemorar
    • Peça feedback
    • Compartilhe seu conhecimento com outras pessoas
    • Não gaste tempo com atividades sem sentido
    • Sem mimimi, toca o barco!
  • Receita de bolo para ser vencedor: trabalho duro, honesto, no longo prazo… o resultado virá.
  • Work hard, have fun, no drama

Referências:

Conversas Difíceis

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s